Arquivo de janeiro de 2011

Uma notícia muito triste! Apresentador brasileiro do canal E! morre aos 27 anos. Suicidou-se!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O apresentador Gilberto Scarpa (foto) morreu de sábado para domingo, aos 27 anos.

Desde agosto de 2010, ele comandava o programa “Brasil Bites”, revista eletrônica sobre celebridades do canal pago E! Entertainment.

Scarpa também era noivo da atriz e escritora Cibele Dorsa. Por meio do Twitter, ela comentou a notícia no domingo.

“Meu noivo se suicidou essa noite, com ele morto eu me sinto morta”, escreveu. “Prefiro ir com ele, minha força não faz mais sentido. Quero ir encontrá-lo.”

O E! Entertainment divulgou uma nota dizendo ter recebido a notícia “com muito pesar” e prestando solidariedade à família.

O enterro do corpo do apresentador ocorreu ontem, em Campinas.

Fonte: Folha

RECORDANDO DUAS AGRADÁVEIS SURPRESAS: NO AEROPORTO DO GALEÃO E EM CUMBICA!!! PARABÉNS TAP: TRANSPORTES AÉREOS PORTUGUESES!!!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

LIGUE O SOM, CLIQUE, ABRA A TELA E…CURTA! É SENSACIONAL!!!

Elevação de preços, inflação? Não aqui, na “Ilha da Fantasia”!!!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011
{…} “Os assinantes da famigerada NET estão sendo  surpreendidos não apenas com o aumento das mensalidades, mas com a supressão de  razoável número de canais antes acessados conforme os contratos. Para assisti-los, agora,  será  necessário pagar por fora, como no caso anterior de torneios de futebol e de filmes não tão velhos quanto os apresentados normalmente. Isso sem falar em que, quando  lançados os canais a cabo, a promessa era de que  não conteriam publicidade ou propaganda de qualquer espécie.
Só isso? Nem pensar. Também no último ano do presidente Lula o governo autorizou o aumento generalizado  no preço dos remédios. A informação era de que tudo se limitaria a 4%. Vá o  leitor reclamar na farmácia da esquina.
Mesmo  proibidos os reajustes,  eles não  pararam de acontecer nos últimos doze meses. Agora, autorizados, passam de  30%”. (Carlos Chagas, jornalista)

NOTA DO BLOG:

Diga aí, meu amigo, minha amiga: vivemos ou não na “Ilha da Fantasia”? Lembra deles:

Se a negociação direta não resolver, alternativa é denunciar na internet

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Tudo começou quando o arquiteto Maurício Vargas teve um problema com a TAM em 1999 e perdeu um voo de negócios. Inconformado, ele criou o primeiro site de reclamações da América Latina, lançado em 2001.

O Reclame Aqui ficou famoso entre os internautas e recebe hoje uma média de 180 mil visitantes e 7 mil queixas por dia. O recurso ganhou a rede e inúmeros outros sites foram criados com o mesmo objetivo: divulgar entraves entre clientes que se sentiram lesados e empresas prestadoras de serviços.

Hoje, a função das páginas extrapola o objetivo da criação. Elas passaram a servir também como fonte para pesquisas. É uma forma de os potenciais compradores assegurarem que futuros investimentos serão acertados ou, ao menos, que a empresa será rápida para resolver eventuais problemas.

A maioria desses sites não cobra pelo serviço, mas também não se responsabiliza pelo que o usuário publica e não garante solução. Mesmo assim, Maurício Vargas assegura que 74% dos usuários insatisfeitos são atendidos, após publicarem os desabafos no Reclame Aqui. “Em número de reclamações, recebemos 20 vezes mais que o Procon. Temos mais de 4 milhões de pessoas cadastradas e hoje dominamos 90% desse mercado. A vantagem que eu vejo é a falta de burocracia. Você preenche o cadastro e pronto”, explica.

Segundo o presidente do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Idecon), Reginaldo Araújo Sena, ter espaços para reclamação on-line é extremamente positivo para divulgar os episódios. “As entidades públicas têm poder de multar e as demais usam a comunicação. Muitas vezes, essas notas na internet causam impacto maior do que uma decisão judicial, porque outras pessoas são influenciadas. E as empresas estão de olho nesses sites. Quando a marca está exposta, há interesse em resolver”.

Fonte:Correio Braziliense

NOTA DO BLOG:

É isso aí, meu amigo, minha amiga: antes, cada um de nós era “uma voz clamando no deserto”. Com o advento da internet, hoje, NÓS TEMOS A FORÇA!!! Use-a, sempre que necessário!!!

PIADA DO DIA: Tiririca diz que quer vaga na Comissão de EDUCAÇÃO e CULTURA da Câmara!!!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O deputado eleito Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), 45, o palhaço Tiririca, afirmou ontem que tem planos de participar da Comissão de Educação e Cultura da Câmara.

“Quero trabalhar na área de educação e cultura. É o que o partido também quer”, afirmou o humorista ao sair do hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

No entanto, deputado eleito não quis falar dos projetos que tem para a área.

“Já mostrei alguma coisa para a galera. Mas, tem que chegar primeiro na Câmara, conversar, marca reuniões, aquela coisa toda.”

O PR tem dois deputados na comissão de 32 membros.

A única ideia que apresentou foi um projeto para incentivar a adoção de animais.

Fonte: Folha

No Horóscopo Chinês, 2011 é o ano do Coelho.

domingo, 30 de janeiro de 2011

Do dia 3 de fevereiro de 2011 a 22 de janeiro de 2012, teremos a influência do Coelho no Horóscopo Chinês.

Será um ano calmo, muito bem vindo e muito necessitado após o ano feroz do tigre. Nós devemos apagar alguns pontos, curar as nossas feridas e começar com algum descanso após todas as batalhas do ano precedente.

O bom gosto e refinamento brilharão em tudo e as pessoas reconhecerão que a persuasão é melhor do que a força. Uma época harmoniosa em que a diplomacia, as relações internacionais e a política darão um grande passo outra vez.

Nós agiremos com discrição e faremos concessões razoáveis sem demasiada dificuldade.

É o momento de prestar atenção ao que se passa à nossa volta. A influência do coelho tende a estragar os momentos de mais conforto despertando e relevando a eficácia e o sentido do dever.

A lei e a ordem serão as máximas deste ano; as regras e os regulamentos deverão ser cumpridos. No entanto, ninguém parece incomodar-se muito com estas realidades desagradáveis.

Estão mais ocupados em se apreciar ou simplesmente a  fazer coisas fáceis. O cenário é quieto e calmo, deteriorando-se ao ponto de provocar sonolência. Nós todos teremos uma tendência para pôr de lado as tarefas desagradáveis por um período o mais longo possível. 

Pode ganhar-se dinheiro sem muito trabalho. O nosso estilo de vida será lânguido e cheio de lazer. Um ano temperado com ritmo lento.

De volta ao passado – Jessier Quirino

sábado, 29 de janeiro de 2011

LIGUE O SOM.

CLIQUE ABAIXO E OUÇA A DECLAMAÇÃO DE JESSIER QUIRINO

de_volta_ao_passado

De volta ao passado

sábado, 29 de janeiro de 2011

Vou-me embora pro passado,

Lá sou amigo do rei

Lá tem coisas “daqui, ó!”

Roy Rogers, Buc Jones

Rock Lane, Dóris Day

Vou-me embora pro passado.

 

Vou-me embora pro passado

Porque lá, é outro astral

Lá tem carros Vemaguete

Jeep Willis, Maverick

Tem Gordine, tem Buick

Tem Candango e tem Rural.

 

Lá dançarei Twist

Hully-Gully, Iê-iê-iê

Lá é uma brasa mora!

Só você vendo pra crê

Assistirei Rim Tim Tim

Ou mesmo Jinne é um Gênio

Vestirei calças de Nycron

Faroeste ou Durabem

Tecidos sanforizados

Tergal, Percal e Banlon

Verei lances de anágua

Combinação, califon

Escutarei Al Di Lá

Dominiqui Niqui Niqui

Me fartarei de Grapette

Na farra dos piqueniques

Vou-me embora pro passado.

 

No passado tem Jerônimo

Aquele Herói do Sertão

Tem Coronel Ludugero

Com Otrope em discussão

Tem passeio de Lambreta

De Vespa, de Berlineta

Marinete e Lotação.

 

Quando toca Pata Pata

Cantam a versão musical

“Tá Com a Pulga na Cueca”

E dançam a música sapeca

Ô Papa Hum Mau Mau

Tem a turma prafrentex

Cantando Banho de Lua

Tem bundeira e piniqueira

Dando sopa pela rua

Vou-me embora pro passado.

 

Vou-me embora pro passado

Que o passado é bom demais!

Lá tem meninas “quebrando”

Ao cruzar com um rapaz

Elas cheiram a Pó de Arroz

Da Cachemere Bouquet

Coty ou Royal Briar

Colocam Rouge e Laquê

English Lavanda Atkinsons

Ou Helena Rubinstein

Saem de saia plissada

Ou de vestido Tubinho

Com jeitinho encabulado

Flertando bem de fininho.

 

E lá no cinema Rex

Se vê broto a namorar

De mão dada com o guri

Com vestido de organdi

Com gola de tafetá.

 

Os homens lá do passado

Só andam tudo tinindo

De linho Diagonal

Camisas Lunfor, a tal

Sapato Clark de cromo

Ou Passo-Doble esportivo

Ou Fox do bico fino

De camisas Volta ao Mundo

Caneta Shafers no bolso

Ou Parker 51

Só cheirando a Áqua Velva

A sabonete Gessy

Ou Lifebouy, Eucalol

E junto com o espelhinho

Pente Pantera ou Flamengo

E uma trunfinha no quengo

Cintilante como o sol.

 

Vou-me embora pro passado

Lá tem tudo que há de bom!

Os mais velhos inda usam

Sapatos branco e marrom

E chapéu de aba larga

Ramenzone ou Cury Luxo

Ouvindo Besame Mucho

Solfejando a meio tom.

 

No passado é outra história!

Outra civilização…

Tem Alvarenga e Ranchinho

Tem Jararaca e Ratinho

Aprontando a gozação

Tem assustado à Vermuth

Ao som de Valdir Calmon

Tem Long-Play da Mocambo

Mas Rosenblit é o bom

Tem Albertinho Limonta

Tem também Mamãe Dolores

Marcelino Pão e Vinho

Tem Bat Masterson, tem Lesse

Túnel do Tempo, tem Zorro

Não se vê tantos horrores.

 

Lá no passado tem corso

Lança perfume Rodouro

Geladeira Kelvinator

Tem rádio com olho mágico

ABC a voz de ouro

Se ouve Carlos Galhardo

Em Audições Musicais

Piano ao cair da tarde

Cancioneiro de Sucesso

Tem também Repórter Esso

Com notícias atuais.

 

Tem petisqueiro e bufê

Junto à mesa de jantar

Tem bisqüit e bibelô

Tem louça de toda cor

Bule de ágata, alguidar

Se brinca de cabra cega

De drama, de garrafão

Camoniboi, balinheira

De rolimã na ladeira

De rasteira e de pinhão.

 

Lá, também tem radiola

De madeira e baquelita

Lá se faz caligrafia

Pra modelar a escrita

Se estuda a tabuada

De Teobaldo Miranda

Ou na Cartilha do Povo

Lendo Vovô Viu o Ovo

E a palmatória é quem manda.

 

Tem na revista O Cruzeiro

A beleza feminina

Tem misse botando banca

Com seu maiô de elanca

O famoso Catalina

Tem cigarros Yolanda

Continental e Astória

Tem o Conga Sete Vidas

Tem brilhantina Glostora

Escovas Tek, Frisante

Relógio Eterna Matic

Com 24 rubis

Pontual a toda hora.

 

Se ouve página sonora

Na voz de Ângela Maria

“— Será que sou feia?

— Não é não senhor!

— Então eu sou linda?

— Você é um amor!…”

 

Quando não querem a paquera

Mulheres falam: “Passando,

Que é pra não enganchar!”

“Achou ruim dê um jeitim!”

“Pise na flor e amasse!”

E AI e POFE! e quizila

Mas o homem não cochila

Passa o pano com o olhar

Se ela toma Postafen

Que é pra bunda aumentar

Ele empina o polegar

Faz sinal de “tudo X”

E sai dizendo “Ô Maré!

Todo boy, mancando o pé

Insistindo em conquistar.

 

No passado tem remédio

Pra quando se precisar

Lá tem Doutor de família

Que tem prazer de curar

Lá tem Água Rubinat

Mel Poejo e Asmapan

Bromil e Capivarol

Arnica, Phimatosan

Regulador Xavier

Tem Saúde da Mulher

Tem Aguardente Alemã

Tem também Capiloton

Pentid e Terebentina

Xarope de Limão Brabo

Pílulas de Vida do Dr. Ross

Tem também aqui pra nós

Uma tal Robusterina

A saúde feminina.

 

Vou-me embora pro passado

Pra não viver sufocado

Pra não morrer poluído

Pra não morar enjaulado

Lá não se vê violência

Nem droga nem tanto mau

Não se vê tanto barulho

Nem asfalto nem entulho

No passado é outro astral

Se eu tiver qualquer saudade

Escreverei pro presente

E quando eu estiver cansado

Da jornada, do batente

Terei uma cama Patente

Daquelas do selo azul

Num quarto calmo e seguro,

Onde ali descansarei

Lá sou amigo do rei

Lá, tem muito mais futuro

Vou-me embora pro passado

Autoria: JESSiER QUIRINO