Arquivo de dezembro de 2011

Vamos ao cinema? Estreia nas telonas

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

“Imortais”
Titulo Original: Immortals
Gênero: Ação, Drama e Fantasia
Duração: 111 min.
Origem: Estados Unidos
Estreia: 30 de Dezembro de 2011
Direção: Tarsem Singh
Roteiro: Charley Parlapanides e Vlas Parlapanides
Distribuidora: Imagem Filmes
Censura: 16 anos
Ano: 2011

O Rei Hipérion (Mickey Rourke) declarou guerra contra todo o mundo grego e, para reforçar seu exército, ele tentará libertar os Titãs presos por Zeus (Luke Evans) no Monte Tártato.Para detê-lo, Zeus escolhe Teseu (Henry Cavill), um mortal que, com a ajuda de uma bela sacerdotisa (Freida Pinto), comandará o exército grego nesta batalha épica.

PUBLICIDADE DE EXTREMO MAU-GOSTO!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

LIGUE O SOM, CLIQUE, ABRA A TELA E…VEJA SE CONCORDA COMIGO

NOTA DO BLOG:

Mais uma idéia de algum “gênio” da publicidade. Lamentável.

Em nota, o PC do B lamentou a morte do ditador norte-coreano. Acho que eles desconhecem que o anti-imperialista era chegado num conhaque francês (gastava US$ 800 mil anuais), gostava de assistir filmes de James Bond e desenhos animados do Patolino. Ressalte-se ainda que seu dileto filho e sucessor, Kim Jong-un, teria visitado a Disney de Tóquio aos oito anos, utilizando-se de um passaporte brasileiro.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

DEZ COISAS QUE VOCÊ NÃO SABIA SOBRE O EX-DITADOR COREANO.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

O líder norte-coreano – ou o “Comandante Sempre Vitorioso de Vontade Férrea” – era fã de Elizabeth Taylor, gostava de sashimi ultrafresco e era hábil no golfe.

1. Aquele que se tornaria o Grande Líder da Coreia do Norte nasceu –bem, ninguém sabe ao certo onde ou quando ele nasceu. De acordo com uma lenda fomentada por sua família, ele nasceu numa cabana de toras de madeira pertencente a seu pai, na encosta da montanha sagrada norte-coreana Monte Paektu, em 1942.

Uma andorinha foi vista no céu, assinalando a chegada da primavera antes da hora. Uma estrela nova brilhou no céu e um arco-íris foi avistado nas proximidades. 

Os soviéticos, enquanto isso, disseram que, segundo os registros deles, Kim Jong-il nasceu em 1941 na Sibéria.                                          

2. A primeira ocasião confirmada em que Kim Jong-il fez uma aparição pública ocorreu no início dos anos 1970, quando foi visto passando férias em Malta, onde estaria recebendo aulas particulares de inglês do primeiro-ministro maltês, Dom Mintoff.                                                                                            

3. Em 1994, quando sucedeu a seu pai, o “Presidente Eterno” Kim Il-sung, tornando-se o novo líder da Coreia do Norte, Kim Jong-il recebeu o primeiro de mais de 200 títulos oficiais. Estes incluem “Estrela Guia do Século 21″, “General Glorioso que Desceu do Céu”, “Político Assombroso”, “Comandante Sempre Vitorioso de Vontade Férrea” e “Mais Alta Encarnação do Amor Revolucionário Camarada”

4. Em 1994, quando foi aberto o primeiro campo de golfe de Pyongyang, Kim Jong-il teve a honra de jogar a primeira partida. Quando ele foi assinar seu cartão, ao final, o cartão dizia que ele tinha feito 11 “holes in one” (um “hole in one” é uma jogada em que se acerta o buraco com apenas uma tacada. Mesmo dois “holes in one” consecutivos constituem uma grande raridade). Seus 17 guarda-costas foram oferecidos como testemunhas desse feito notável.

5. Em 2006, como reação ao teste de uma arma nuclear feito pela Coreia do Norte, os EUA intensificaram as sanções contra o Estado isolado. Numa tentativa de atingir o apreço conhecido de Kim Jong-il por artigos de luxo, os EUA proibiram a entrada no país de 60 produtos de luxo, incluindo iates, perfume Chanel Nº 5, veículos individuais Segways e até mesmo selos postais raros.

  Associated Press  
Kim Jong-il, à esquerda, acompanhado pelo filho, Kim Jong-un durante parada militar em outubro de 2010
Kim Jong-il, à esquerda, acompanhado pelo filho, Kim Jong-un durante parada militar em outubro de 2010

Ciente de que Kim Jong-il apreciava conhaque –sua corte aparentemente gastava US$800 mil por ano com Hennessy–, os EUA também proibiram a venda de cristal de chumbo e bebidas destiladas.

6. O governo americano também proibiu a venda de televisores com telas de mais de 29 polegadas, em mais uma tentativa de impactar o estilo de vida de Kim Jong-il. Cinéfilo, ele tinha uma coleção de 20 mil vídeos e DVDs, sendo alguns de seus favoritos os filmes das séries “Rambo” e “Sexta-Feira Treze”, além da obra completa de Elizabeth Taylor.

7.Em 1978 Kim Jong-il teria ordenado o sequestro do renomado cineasta sul-coreano Shin Sang-ok e de sua mulher, a atriz Choi Eun-hee, para que eles pudessem criar uma versão socialista de “Godzilla”, seu filme favorito de todos.

8. Ermanno Furlanis, um chef italiano que em certa época trabalhou diretamente para Kim Jong-il, escreveu um livro sobre sua experiência, revelando que recebia ordens de cortar sashimis de peixes vivos e nunca colocar anchovas em pizzas. Ele era enviado ao Uzbequistão para comprar caviar, à Dinamarca para comprar carne de porco, à China em busca de uvas e à Tailândia para encontrar mangas e papaias. Um ex-médico pessoal do líder revelou que uma equipe de 200 cientistas trabalhava para aprimorar a dieta perfeita, para assegurar vida longa para Kim Jong-il.

9. Em 2000 foi apresentado aos norte-coreanos um novo prato supostamente inventado por Kim Jong-il, chamado “Gogigyeopbbang”. Foi descrito com “pão duplo com carne”, mas, surpreendentemente, tinha a aparência de um hambúrguer convencional. Em 2006, outra revolução culinária foi introduzida por ordem de Kim Jong-il, em um esforço para aliviar a escassez de alimentos: a criação de coelhos gigantes.

10. Um site governamental na internet certa vez declarou que Kim Jong-il jamais tinha a necessidade de urinar ou defecar. Mas a alegação foi removida posteriormente.

Fonte: Guardian (tradução: Clara Allain)

NOTA DO BLOG:

Sabendo de tudo isso, soa como RIDÍCULA a mensagem que o PC do B enviou ao “herdeiro” Kim Jong un.

LEIA A ÍNTEGRA:

Estimado camarada Kim Jong Un
Estimados camaradas do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coréia

Recebemos com profundo pesar a notícia do falecimento do camarada Kim Jong Il, secretário-geral do Partido do Trabalho da Coreia, presidente do Comitê de Defesa Nacional da República Popular Democrática da Coreia e comandante supremo do Exército Popular da Coreia.

Durante toda a sua vida de destacado revolucionário, o camarada Kim Jong Il manteve bem altas as bandeiras da independência da República Popular Democrática da Coreia, da luta anti-imperialista, da construção de um Estado e de uma economia prósperos e socialistas, e baseados nos interesses e necessidades das massas populares.

O camarada Kim Jong Il deu continuidade ao desenvolvimento da revolução coreana, inicialmente liderada pelo camarada Kim Il Sung, defendendo com dignidade as conquistas do socialismo em sua pátria. Patriota e internacionalista promoveu as causas da reunificação coreana, da paz e da amizade e da solidariedade entre os povos.

Em nome dos militantes e do Comitê Central do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) expressamos nossas sentidas condolências e nossa homenagem à memória do camarada Kim Jong Il.

Temos a confiança de que o povo coreano e o Partido do Trabalho da Coreia irão superar este momento de dor e seguirão unidos para continuar a defender a independência da nação coreana frente às ameaças e ataques covardes do imperialismo, e ao mesmo tempo seguir impulsionando as inovações necessárias para avançar na construção socialista e na melhoria da vida do povo coreano.

Renato Rabelo, presidente nacional do PCdoB e Ricaro Abreu Alemão secretário de Relações Internacionais do PCdoB

Pensamento do dia:”A melhor maneira de manter a palavra é nunca dá-la.” (Napoleão Bonaparte)

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A Copa do Mundo já tem seus perdedores. O exemplo de Itaquera não deixa dúvidas: os preços de compra e aluguel dos imóveis dobraram, e quem paga essa conta em geral são os pobres.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

A grande euforia pela escolha do Brasil como sede da Copa de 2014 não tardou muito em gerar desilusão. Logo apareceu o incômodo problema de quem iria pagar a conta.

E veio a resposta, ainda mais incômoda, de que 98,5% do gordo orçamento do evento será financiado com dinheiro público, segundo estudo do TCU. Dinheiro que faz falta no SUS, na educação e na habitação popular. Por sua vez, a Fifa impõe contratos milionários com patrocinadores privados e o presidente do todo-poderoso Comitê Local é Ricardo Teixeira. A transparência dos gastos está em xeque.

Esses temas têm sido amplamente tratados pela grande imprensa. Mas há outra dimensão do problema -não menos grave- que é pouco abordada. Trata-se das consequências excludentes dos investimentos da Copa nas 12 cidades que a abrigarão. Três anos antes de a bola rolar, esta Copa já definiu os perdedores. E serão muitos, centenas de milhares de pessoas afetadas direta ou indiretamente pelas obras.

Somente com despejos e remoções forçadas já há uma estimativa inicial de 70 mil famílias afetadas, segundo dossiê de março deste ano produzido pela relatora da ONU e urbanista Raquel Rolnik. Os números podem chegar a ser bem maiores. Talvez por isso sejam tratados pelo governo como caixa-preta.

A desinformação facilita que qualquer processo de remoção receba o carimbo da Copa e, deste modo, seja conduzido em regime de urgência, passando por cima dos direitos mais elementares.

Na maioria dos casos, não há qualquer alternativa para as famílias despejadas. Quando há, são jogadas em conjuntos habitacionais de regiões mais periféricas, com infraestrutura precária e ausência de serviços públicos.

Quem sorri de orelha a orelha é o capital imobiliário. As grandes empreiteiras e os especuladores de terra urbana se impõem como os grandes vitoriosos. Levantamento do Creci-SP mostra que em 2010 houve uma valorização de até 187% de imóveis usados em São Paulo; a rentabilidade do investimento imobiliário superou a maior parte das aplicações financeiras. Para esse segmento a Copa é um grande negócio.

O exemplo de Itaquera não deixa dúvidas: os preços de compra e aluguel dos imóveis dobraram após o anúncio da construção do estádio. A conta costuma ficar para os mais pobres. Isso quando não se paga com a liberdade ou com a vida.

Na África do Sul, durante a Copa de 2010, foi criada, por exigência da Fifa, uma legislação de exceção, com tribunais sumários para julgar e condenar qualquer transgressão. O Pan do Rio foi precedido de um massacre no Morro do Alemão, com 19 mortos pela polícia. Despejos arbitrários, manter os favelados na favela e repressão exemplar aos transgressores, eis a receita para os megaeventos. Receita essa que mistura perversamente lucros exorbitantes, gastos públicos escusos e exclusão social.

Autor: Guilherme Boulos

UMA MENSAGEM DA EQUIPE SP360º

terça-feira, 27 de dezembro de 2011


Somos muito gratos a você por esta oportunidade. O SP360º é o resultado de nossa paixão, determinação e trabalho. Mas nada significaria sem o seu carinho, seu apoio e suas sugestões.

Para 2012, temos novos planos, baseados na vontade de fazer dessa cidade um lugar ainda melhor para todos, sejam turistas ou cidadãos.

Particularmente, desejamos tudo de bom a você! Mais que isso, desejamos felicidade 360º, ou seja, que suas vontades e seus planos sejam realizados, que sua família e seus amigos possam viver e conviver em paz e harmonia, que seu trabalho ou seus negócios prosperem e sejam diferenciais, que sua saúde lhe traga a oportunidade de aproveitar tudo o que esta vida tem de bom e, acima de tudo, que a irmandade humana supere os interesses, fazendo desse mundo um lugar que nos orgulhamos.

Um grande abraço.

Equipe 360º

FOTO DO DIA: UM VASO MUITO ORIGINAL

terça-feira, 27 de dezembro de 2011