Arquivo de março de 2012

Só médico pode fazer acupuntura, diz Justiça. QUE ABSURDO!!! ISSO É UMA TREMENDA INJUSTIÇA!!! É sabido que a esmagadora maioria dos médicos nem acredita na eficácia da acupuntura!!!

sexta-feira, 30 de março de 2012

Uma decisão do Tribunal Federal Regional da 1ª Região reserva aos médicos o direito exclusivo de praticar a acupuntura. Hoje, a terapia não tem regulamentação e é exercida por profissionais de saúde como fisioterapeutas, psicólogos e farmacêuticos, e também por pessoas sem essas formações.

A ação foi movida pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) há dez anos contra os conselhos federais de farmácia, psicologia e fisioterapia e terapia ocupacional, que haviam publicado resoluções regulamentando a prática por seus associados.

Para o CFM, a acupuntura, por envolver diagnóstico e tratamento de doenças, seria um ato reservado aos médicos. A controvérsia se insere também na discussão da lei que regulamenta o ato médico, ainda em trâmite. Profissionais de saúde temem que a lei reserve aos médicos práticas que hoje são feitas por outros profissionais.

POLÊMICA

Humberto Verona, presidente do Conselho Federal de Psicologia, diz que a entidade vai contestar a decisão judicial sobre a acupuntura assim que ela for publicada. “Estamos indignados. Essa é uma imposição de uma profissão sobre a outra.”

O uso da acupuntura como prática multidisciplinar nos programas de práticas integrativas do Ministério da Saúde é um dos argumentos dos não médicos nessa briga.

“Há profissionais no Brasil todo que prestaram concurso público, estão trabalhando e serão prejudicados”, diz Verona. Para ele, a posição dos médicos se deve a uma tentativa de “reserva de mercado”.

Dirceu Lavor de Sales, ex-presidente do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura, entidade que reúne quase 10 mil médicos, afirma que a exclusividade da prática visa a proteger os pacientes.

Para ele, a falta de um diagnóstico adequado pode colocar em risco a vida dos que procuram um acupunturista não médico. “A pessoa que procura o tratamento por causa de dor de cabeça pode estar com hipertensão, um tumor, precisa de um diagnóstico correto.”

As agulhas, que precisam chegar até as terminações nervosas livres na musculatura, podem causar lesões se usadas de forma inadequada. “É um tratamento invasivo, as agulhas têm cinco, sete, até dez centímetros.”

Para Paulo Varanda, membro do grupo de trabalho de práticas integrativas do Conselho Federal de Farmácia, “não é plausível que os médicos coloquem os outros profissionais como incompetentes.” Varanda diz que muitos pacientes que procuram acupuntura já passaram por vários médicos e têm diagnósticos contraditórios.

“Dizer que há erro nos tratamentos porque o profissional não é médico é mentira. Temos farmacêuticos acupunturistas há 12 anos e nunca houve um caso de erro que chegasse ao conselho.”

O diagnóstico feito nessa prática, diz Varanda, é muito diferente da medicina ocidental. “Vemos onde está a deficiência energética e corrigimos o desequilíbrio.”

Sales, médico especialista em acupuntura, diz que fazer um diagnóstico usando só esses métodos tradicionais pode ser perigoso. “Entendemos a sabedoria chinesa, mas não se pode substituir o diagnóstico por uma abordagem de 5.000 anos atrás. Não dá para tratar tuberculose como disfunção energética.”

NOTA DO BLOG:

Realmente, trata-se de um caso de “reserva de mercado”. Seguindo essa linha de raciocinio de que apenas os médicos podem “diagnosticar”, em breve vão querer proibir os podólogos de trabalharem, sob a alegação de que, “pode ser que o podólogo esteja tratando como “unha encravada” um caso de câncer no dedão”.

ORA, TENHAM A A SANTA PACIÊNCIA!!! NÃO É SEM RAZÃO QUE MUITOS FALAM EM “MÁFIA DE BRANCO”!!! NÃO ESTOU GENERALIZANDO, MAS MUITOS SE COMPORTAM COMO TAL!!!

OPRAH WINFREY VISITA JOÃO DE DEUS. Em passagem por Abadiânia, medita, auxilia cirurgia espiritual e entrevista o médium goiano.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Uma experiência que mudou a sua vida. Foi dessa forma que a apresentadora e jornalista norte-americana Oprah Winfrey, 58 anos, descreveu a visita que fez nesta quinta-feira (29/3) ao médium João de Deus, em Abadiânia, cidade goiana a 115km de Brasília.

Enquanto gravava depoimento para o seu programa, ainda sem data para ir ao ar, ela chorou e prometeu voltar, no ano que vem, à Casa Dom Inácio, entidade fundada em 1976. Depois de passar o dia com o homem que movimenta a economia e a religiosidade da cidade, Oprah retornou à capital federal.

O dia da apresentadora começou cedo. Por volta das 8h, acompanhada de seguranças e assessoras, ela chegou em um carro preto a Abadiânia. Uma parte da equipe já estava na cidade gravando imagens para o show televisivo. Cerca de 15 pessoas acompanharam a americana na sua passagem por Goiás, entre eles dois seguranças e dois produtores brasileiros. Durante todo o dia, Oprah ficou cercada pelos profissionais. Todos assinaram um termo de confidencialidade e, por isso, evitaram ao máximo falar com os moradores e a imprensa.

“Achei que ia desmaiar”, disse a apresentadora norte-americana Oprah Winfrey após participar de cerimônias com o médium João de Deus. Oprah está em Abadiânia (GO), onde o médium trabalha, para gravar um quadro de seu programa semanal, o Super Soul Sunday.
A bilionária decidiu conhecer pessoalmente o médium após entrevistar um homem que disse ter sido curado de leucemia por João de Deus.
Oprah passou a maior parte do dia em um espaço chamado “sala da entidade”. Lá, junto com seguidores de João de Deus, meditou, rezou e assistiu a cirurgias espirituais. Ela chegou ao local por volta das 8h e saiu perto das 11h, quando visitou a Casa da Sopa, onde João de Deus e outros membros da comunidade distribuem alimentos a pessoas carentes.
No fim da tarde, se preparando para voltar a Brasília, onde desembarcou na madrugada de ontem, ela conversou rapidamente com os jornalistas.
Oprah contou que sentiu uma emoção indescritível durante uma cerimônia e precisou se sentar para não desmaiar. A apresentadora se mostrou impressionada com o trabalho realizado pelo médium. “Senti algo muito forte. Foi muito além do que eu esperava”, contou.
 
João de Deus
Pedreiro, oleiro, cisterneiro, tintureiro, garimpeiro, alfaiate. Natural de Cachoeira de Goiás, João Teixeira de Faria, 69 anos, teve que trabalhar desde cedo para ajudar a família. Enquanto crescia, também experimentava manifestações de mediunidade. A primeira delas ocorreu quando ele era apenas um garoto de 9 anos, católico e sem qualquer ligação com o espiritismo. A primeira cirurgia espiritual realizada veio aos 16. Desde então, o médium morou em alguns estados do país até fixar os atendimentos na Casa Dom Inácio de Loyola. O homenageado, fundador da Companhia de Jesus no século 16, acabou incorporado como entidade por João de Deus em um parto, seu primeiro trabalho. 
  

Ela passou a última noite em Anápolis, na casa que João de Deus mantém na cidade e onde costuma abrigar seus clientes mais famosos. Ontem, algumas imagens teriam sido feitas dentro da Casa Dom Inácio, conforme destacaram profissionais que fazem a segurança no local.

Roteiro
Oprah, de 58 anos, deixou Abadiânia por volta das 17h10. Segundo membros da produção do pragrama, ela deve passar a noite em Brasília e, possivelmente, voltará aos Estados Unidos amanhã.
Fonte: Correio Braziliense

A Demóstenes só cabe renunciar

sexta-feira, 30 de março de 2012

O senador Demóstenes Torres  (DEM-GO) pode escolher uma de duas opções: sangrar lentamente em praça pública até morrer. Ou dar um tiro na cabeça e morrer rapidinho.

Dito de outra maneira: pode esperar o desfecho do processo de cassação do seu mandato que só terá início no Senado depois do próximo dia 10 de abril, sem data marcada para terminar.

Ou pode renunciar ao mandato a qualquer instante – se possível logo. E sair de cena.

Escafeder-se. Mergulhar nas águas do Lago Paranoá. Refugiar-se no interior de Goiás. Ou pedir abrigo pra sempre em um monastério do Himalaia.

Na reportagem publicada, hoje, pelo O Globo, Demóstenes conversa pelo telefone com o ex-bicheiro Carlinhos Cachoeira. Pelo menos dois fatos ganham realce:

a) ele sabia das atividades ilegais de Cachoeira, o que sempre negou;

b) ele defendia os interesses empresariais de Cachoeira dentro do Congresso e junto à Justiça e empresas estatais. Fazia lobby para ele.

Que eu me lembre, jamais foram apresentadas provas tão cristalinas, irrefutáveis e escandalosas da atividade criminosa de um senador.

por  Ricardo Noblat

NOTA DO BLOG:

Como eu também acreditava que esse senador fosse honesto e incorruptível, hoje, ao olhar no espelho, vejo a imagem abaixo:

Vamos ao cinema? Estreiam nas telonas

sexta-feira, 30 de março de 2012
“FÚRIA DE TITÃS 2″
Título Original: Clash of the Titans 2
Gênero: Ação, Aventura e Fantasia
Duração: 99 min.
Origem: Estados Unidos
Estreia: 30 de Março de 2012
Direção: Jonathan Liebesman
Roteiro: David Leslie Johnson e Dan Mazeau
Distribuidora: Warner Bros.
Censura: 12 anos
Ano: 2012

A trama começará dez anos depois do primeiro filme. Após derrotar o monstro Kraken, Perseu (Sam Worthington), o semideus filho de Zeus (Liam Neeson), tenta levar uma vida calma de pescador e criar sozinho o seu filho de dez anos, Helius. Enquanto isso, uma luta por supremacia opõe os deuses, enfraquecidos pela falta de crença dos homens, e os titãs, liderados por Cronos.

Perseu não pode mais ignorar a sua participação nessa luta, quando Hades (Ralph Fiennes) e Ares (Édgar Ramírez) fazem um trato com Cronos para capturar Zeus. O poder dos titãs aumenta à medida em que Zeus perde os seus, e o inferno do Tártaro, onde os titãs eram mantido preso, periga se alastrar pela Terra. Resta a Perseu – ao lado de Andromeda (Rosamund Pike), o semideus Agenor (Toby Kebbell) e o deus caído Hefesto (Bill Nighy) – invadir o submundo, resgatar Zeus e salvar o mundo.



“HELENO”

Titulo Original: Heleno
Gênero: Drama
Duração: 116 min.
Origem: Brasil
Estreia: 30 de Março de 2012
Direção: José Henrique Fonseca
Roteiro: José Henrique Fonseca, Felipe Bragança e Fernando Castets
Distribuidora: Downtown Filmes
Censura: 14 anos
Ano: 2011

Heleno de Freitas era o príncipe da era de ouro do Rio de Janeiro, os anos 40, quando a cidade era um cenário de sonho, cheio de glamour e promessas. Bonito, charmoso e refinado nos salões elegantes, era um gênio explosivo e apaixonado nos campos de futebol. Heleno tinha certeza de que seria o maior jogador brasileiro de todos os tempos. Mas a guerra, a sífilis e as desventuras de sua vida desviaram seu destino, numa jornada de glória e tragédia.



“A NOVELA DAS 8″

Titulo Original: A Novela das 8
Gênero: Comédia
Duração: 105 min.
Origem: Brasil
Estreia: 30 de Março de 2012
Direção: Odilon Rocha
Roteiro: Odilon Rocha
Distribuidora: Paramount Pictures
Censura: 16 anos
Ano: 2011

Em 1978, ainda sob ditadura, o Brasil sucumbe à discoteca graças a novela Dancin’ Days. Amanda, viciada no drama televisivo, e Dora fogem de São Paulo para o Rio de Janeiro. O policial Brandão está no encalço das duas e neste caminho seus destinos vão cruzar com o de outros desajustados: João Paulo, um diplomata que se sente estrangeiro no seu próprio pais; o revolucionário Vicente e seu irmão Pedro; e o adolescente Caio, que foi criado pelos avôs e conta com a ajuda de Mônica na luta para ser aceito como gay. Ambos são jovens e fascinados por disco music e pela novela Dancin’ Days.



“O LORAX: EM BUSCA DA TRÚFULA PERDIDA”

Titulo Original: The Lorax
Gênero: Animação e Família
Duração: 94 min.
Origem: Estados Unidos
Estreia: 30 de Março de 2012
Direção: Chris Renaud e Kyle Balda
Roteiro: Ken Daurio e Dr. Seuss
Distribuidora: Universal Pictures
Censura: Livre
Ano: 2012

A 3D-CGI apresenta O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida uma adaptação do conto clássico do Dr. Seuss de uma criatura da floresta que compartilha o eterno poder da esperança. A aventura animada conta a jornada de um rapaz que procura pela única coisa que poderá fazer com que ele conquiste a afeição da garota de seus sonhos. Para encontrá-la, ele terá que descobrir a história do Lorax, a zangada porém charmosa criatura que luta para proteger seu mundo.

“A DANÇARINA E O LADRÃO”
Titulo Original: El baile de la Victoria
Gênero: Drama
Duração: 127 min.
Origem: Espanha
Estreia: 30 de Março de 2012
Direção: Fernando Trueba
Roteiro: Fernando Trueba, Jonás Trueba e Antonio Skármeta
Distribuidora: Paris Filmes
Censura: 16 anos
Ano: 2009

Com a chegada da democracia ao Chile, após a saída do ditador Augusto Pinochet do poder, o jovem Angel e o veterano Vergara são anistiados. Eles, no entanto, seguem caminhos diferentes. Enquanto Angel vai em busca de vingança, Vergara procura recuperar sua família. Seus caminhos se cruzam com o da jovem Victoria.

“BELEZA ADORMECIDA”
Titulo Original: Sleeping Beauty
Gênero: Drama
Duração: 101 min.
Origem: Austrália
Estreia: 30 de Março de 2012
Direção: Julia Leigh
Roteiro: Julia Leigh
Distribuidora: Vinny Filmes
Censura: 16 anos
Ano: 2011

Um retrato surpreendente de Lucy, uma estudante universitária envolvida num mundo misterioso e secreto de desejos não revelados.

“UM MÉTODO PERIGOSO”
Titulo Original: A Dangerous Method
Gênero: Drama
Duração: 99 min.
Origem: Reino Unido, França, Alemanha, Canadá e Suiça
Estreia: 30 de Março de 2012
Direção: David Cronenberg
Roteiro: Christopher Hampton e John Kerr
Distribuidora: Imagem Filmes
Censura: 14 anos
Ano: 2011

O fascinante diretor David Cronenberg (Senhores do Crime) revela um episódio pouco conhecido mas muito marcante na vida dos dois mais importantes psicólogos de todos os tempos. O jovem psicanalista Carl Jung (Michael Fassbender) começa um tratamento inovador na histérica Sabina Spielrein (Keira Knigthley) sob orientação de seu mestre, Sigmund Freud (Viggo Mortensen). Disposto a penetrar mais afundo nos mistérios da mente humana, Jung verá algumas de suas ideias se chocarem com as teorias de Freud ao mesmo tempo em que se entrega a um romance alucinante e perigoso com a bela Sabina.

Pensamento do dia: “Parabéns ao pai que fez o filho desculpar-se com a professora por meio de retratação pública após tê-la ofendido em rede social, ameaçando atear-lhe fogo. Trata-se de ótimo exemplo para os pais superprotetores, que têm criado monstrinhos incontroláveis cujo principal método para a resolução de problemas e conflitos acaba sendo a violência. Esse pai deu uma verdadeira lição de vida ao filho ao fazer com que ele assumisse a responsabilidade por seu ato. Ganharam todos: o jovem, a família, a escola e a sociedade. (Valéria Prochmann – Curitiba, PR)

sexta-feira, 30 de março de 2012

NOTA DO BLOG:

Conforme publicação da Folha de S.Paulo em 29/03: 

O pai de um aluno de uma escola de Londrina (380 km de Curitiba, no Paraná) publicou um anúncio em um jornal da cidade com um pedido de desculpas do filho para uma professora.

O jovem, que tem 16 anos e está no terceiro ano do ensino médio de um colégio estadual, havia ofendido sua professora de artes e dito que pretendia “atear fogo” nela em um texto publicado no Facebook. Ele reclamava de um pedido de lição de casa.

A mensagem foi publicada na semana passada e lida por vários alunos e pela professora. O pai e o aluno foram chamados pela direção da escola para falar sobre o caso. “Os dois pediram desculpas e nós aceitamos, mas o pai, achando que isso não era suficiente, resolveu publicar o anúncio”, disse a diretora da escola, Jéssica Pieri, 42. A mensagem foi excluída.

No anúncio o aluno diz que quer se retratar com a professora Rosana Marques Franco, do colégio Barão do Rio Branco. “Foi um momento impensado. Gostaria que a professora me perdoasse e que meu ato não seja repetido por outros alunos”, diz um trecho.

A professora disse que, ao ler a mensagem no Facebook, teve medo. “Não me senti ameaçada, mas é claro que a gente fica com medo.” O aluno não foi suspenso.

P.S. – Sem dúvida alguma, um excelente exemplo que deveria ser seguido por aqueles pais que constumam “passar a mão na cabeça dos filhinhos” dando-lhes sempre razão em todos os seus atos.

“A GENTE SÓ MORRE UMA VEZ, MAS É PARA SEMPRE”. (Millôr Fernandes)

quinta-feira, 29 de março de 2012

Homenagem de André Dahmer a Millôr. Artista carioca publica tiras do personagem ‘Rei Emir’ (Foto: André Dahmer/G1)

Dois artistas

quinta-feira, 29 de março de 2012

Mesmo num país que se congratula pelo inabalável bom humor da população, não há como evitar o lugar-comum da “perda insubstituível” para comentar o desaparecimento, em curto intervalo de tempo, de dois de seus maiores artistas do humor, Chico Anysio e Millôr Fernandes.

Na aproximação desses nomes, o termo “humorista” evidencia toda a variedade de suas acepções.

O talento cênico de Chico Anysio (foto ao lado) o transformou num grande criador de personagens, capaz de fixar para a imensa maioria dos brasileiros as variedades de seus traços regionais, as mudanças de seus hábitos cotidianos e as fraquezas, nem tão mutáveis, de sua vida política.

O talento de Millôr Fernandes encaminhou-se para formas bem diferentes de expressão. Foi nas artes visuais, área em que demonstrou impressionante versatilidade, e na palavra escrita, no epigrama, na fábula, na poesia e na tradução, que Millôr soube transcender, rumo a altos níveis de estética e erudição literária, o âmbito do puro entretenimento, em que foi, não obstante, um mestre.

Assim como Chico Anysio passou, com sucesso incontestável, do rádio para a televisão, Millôr transitou, já em idade avançada, da página impressa para a tela da internet. A disposição para renovar-se, que ambos possuíram, não conflitou com a capacidade que tiveram, ao longo de décadas, para manter uma continuidade de estilo sem a qual não poderiam ter atingido o estatuto de clássicos.

Não importa muito, no fim das contas, o caráter “erudito” ou “popular” que a obra de Millôr Fernandes (foto ao lado) ou de Chico Anysio ostentou em primeiro plano; são formas diferentes que convergiram, no panorama da cultura brasileira, para a cristalização de um tipo de humor sempre crítico (e mais, autocrítico), malicioso, mas não vulgar, e até mesmo terno, sem abandonar a acidez.

São características de que o Brasil pode, com certeza, orgulhar-se. No cenário contemporâneo, marcado mais pela exasperação do que pela superioridade da ironia, não tem sido raro que a acidez se torne quase uma arma de marketing, sacrificando a graça em favor do fácil e do chocante.

Ingredientes desse tipo sempre fizeram parte do humor em qualquer parte do mundo, e um senso de exasperação, mesmo que não sublimado, sem dúvida convém aos tempos atuais. Mas a arte -como a exerceram, cada qual a seu modo, Chico Anysio e Millôr Fernandes- faz sempre muita falta.

Editorial da Folha de S.Paulo, edição de 29/03/2012

BEBA E SAIA POR AÍ DIRIGINDO!!! TRIBUNAL DE JUSTIÇA LIBEROU GERAL!

quinta-feira, 29 de março de 2012

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu, por 5 votos a 4, que imagens e relatos de testemunhas, incluindo o de policiais, não poderão mais ser aceitos para fundamentar processo criminal contra o motorista que dirige embriagado. A decisão esvazia a lei seca, já que o teste do bafômetro ou o exame de sangue não são obrigatórios -ninguém pode ser coagido a produzir prova contra si.

NOTA DO BLOG:

Resumo em uma única palavra: LAMENTÁVEL!